Bienvenido | Bienvenue | Welcome

ANPAE: lócus de militância teórico-prática
PDF Imprimir E-mail
LAURO CARLOS WITTMANN
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

A ANPAE tem sido para mim e para os que comigo militaram e militam um espaço social privilegiado. Numa época de desenraizamento territorial e temporal, vivemos o descarte dos provisórios. O terrorismo de grupos, implodindo as torres do capital, e o terrorismo de estado, retaliando e bombardeando os famintos, são a expressão trágica dos velhos valores. O novo que emerge é um presente eternal e um espaço desterritorializado. Este novo exige ética, cuja radicalidade é o respeito à vida, e exige solidariedade, cuja radicalidade é o respeito ao outro. A ANPAE tem sido um dos raros lugares de diálogo multilateral, onde o outro é respeitado pela alteridade, pela diferença e não pela concordância ou pela mesmice.

A ANPAE cresce como associação teórico-prática. Pela vinculação da prática associativa com o concreto, empapamos as mãos no cotidiano da construção de políticas, elaboração de planos, gestão de instituições e sistemas e avaliação da educação. Comprometidos com o concreto, evitamos a alienação na levitação retórica dos discursos academicistas. De outro lado, pela vinculação com a pesquisa não nos perdemos no sufoco do cotidiano, patinando no brejo do ativismo quixotesco.

As pessoas e suas organizações sociais são da mesma tessitura da sociedade na qual se constroem. Numa sociedade rachada e periférica, os educadores e suas associações tendemos a estar rachados e a ser periféricos. Ao mesmo tempo, pulsa em nós, como gente e como organização, o desejo, a resistência ao que é e a transcendência ao que será. Neste sentido é sempre presente, porque o passado invade a eternidade do futuro e o futuro está enraizado e já começou no começo do passado.

Como lócus de militância teórico-prática neste presente eternal e espaço desterritorializado, a ANPAE está comprometida com a emancipação humana, com a vida, com a solidariedade, com o pluralismo, com o multiculturalismo, com uma educação pública, laica, gratuita, estatal e de alta qualidade, especialmente para aqueles a quem tudo, até a educação, tem sido sistematicamente negado. Nos seus 40 anos, esta ANPAE somos nós, como militantes teórico-práticos, que, num processo dialético de contínua sobressunção, jogamos o passado na eternidade do futuro e construímos o futuro nascido da subsunção da eternidade do passado. Na ANPAE só dura o que passa, porque o que fica está apodrecendo. Esta ANPAE, mais instituinte do que instituída, mais anúncio do que dado, mais processo do que produto é uma expressão social da essencialidade humana que é sua transcendência, sua originalidade, a surpresa e o novo.
_________________________________________
Depoimento escrito em Florianópolis no dia 11 de fevereiro de 2001, por ocasião da celebração do 40º aniversário de fundação da ANPAE.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
 
 

Faculdade de Educação da UFG, S/130, Rua 235, Setor Universitário, CEP: 74605-050, Goiânia, GO, fone: (62) 32096220